Ações entre Entidades Internacionais para Amenizar os Impactos do Coronavírus em Melgaço

0
ONU, UNFPA (FUNDO DE POPULAÇÃO DAS NAÇÕES UNIDAS), COSEMS (CONSELHO DE SECRETARIAS MUNICIPAIS DE SAÚDE) & A.P.S/SEMSA/MELGAÇO.
Melgaço, no arquipélago do marajó, Pará, Brasil recebe apoio incessante da parceria selada com a ONU (Organização Das Nações Unidas).
No intuito de minimizar as dificuldades enfrentadas pelas mulheres de Melgaço, especialmente no acesso a serviços de saúde reprodutiva em decorrência da pandemia de Covid-19, o Fundo de Populações das Nações Unidas (UNFPA) entregou no dia 19 de outubro de 2020, para o Conselho de Secretarias Municipais de Saúde do Pará (COSEMS-PA), repassar para Melgaço, um conjunto de equipamentos para a montagem de uma sala de telemedicina para a realização das consultas na sede do município.
O aparato dispõe de TV, notebook e acessórios.
O COSEMS-PA disponibilizará instalação de internet banda larga na sede da Secretaria Municipal De Saúde De Melgaço onde funcionará o serviço e cederá os profissionais de medicina especializados em ginecologia e obstetrícia que poderão com estes equipamentos atender à distância as mulheres melgacenses em idade fértil.
A Secretaria Municipal De Saúde De Melgaço vai disponibilizar um consultório completo e o profissional para operar o sistema que será coordenado pelo Enfermeiro Daniel Dias Balbi que foi quem selou a parceria internacional pactuando diversas ações, bens e serviços para a população melgacense.
Para Nair Souza, Oficial De Programa Para Segurança De Insumos Em Saúde Sexual E Reprodutiva Do UNFPA, a prioridade do projeto é apoiar o fortalecimento dos serviços de saúde reprodutiva, garantindo acesso aos serviços e informação qualificada.
“É preciso enfatizar que os direitos reprodutivos das mulheres precisam ser salvaguardados, os serviços de saúde reprodutiva têm que ser mantidos, os insumos têm que chegar as destinatárias, e as mais vulneráveis tem que ser protegidas e apoiadas”.
“Vamos agora ofertar e garantir à estrutura de telemedicina, essa estrutura será dada pelo Cosems em cooperação com o UNFPA, oferecendo as consultas de ginecologia e obstetrícia, para as mulheres do Marajó. Esse é um avanço muito grande com a tecnologia, principalmente, nesse momento de pandemia, que limitou muito a questão presencial e estamos ressignificando esse momento para melhorar o sistema de saúde do Marajó”. Garante o presidente do Cosems-PA, Charles Tocantins.
O Enfermeiro Daniel Dias Balbi frisa: “Reconhecimento a todos que fizeram parte deste processo, felicito os responsáveis pela realização deste feito e enfatizo que é inenarrável a minha satisfação como pessoa, profissional e cidadão melgacense em ter pactuado esta parceria que nos presenteia agora com este consultório de telemedicina com todo aparato do qual precisamos para atender nossa população!”.
Compartilhar:

Os comentários estão fechados.


Acessibilidade
Acessibilidade