Sobre o Município

OS SÍMBOLOS MUNICIPAIS DE MELGAÇO

A criação dos símbolos municipais de Melgaço – a bandeira e o escudo – data do ano de 1977 cuja autoria é de Francisco de Oliveira e Souza, vereador mais voltado na última eleição de 1976 para o pleito (1977-1982). É possível que os planos de criação desses símbolos tenham sido produzidos em anos anteriores, mas sua publicização ocorreu somente em 1977, quando seu autor, na condição de vereador da municipalidade, elaborou e apresentou em forma do Projeto de Lei 01/1977. Em seu Caderno de Memórias, seu Francisco Mamede, como era popularmente conhecido Francisco de Oliveira e Souza, mostra os rascunhos dos símbolos municipais de Melgaço, explicando seus significados. A bandeira municipal tem as cores verde, amarela e azul, tiradas da Bandeira Nacional; já a faixa e a esfera branca, inspirou-se na Bandeira do Pará. As 05 estrelas representam as 05 principais ilhas que formam o município, embora existam aproximadamente 360 em todo território e ainda os 05 termos judiciários. O escudo municipal, a parte principal da figura que forma um brasão, o qual representa a totalidade do próprio brasão municipal, tem a forma de um círculo constituído por um pé de arroz e uma árvore de seringueira, ligada pela parte inferior por uma tora de madeira que representam a indústria extrativista e a agricultura, principais fontes de riquezas de Melgaço. Por trás vê-se o reflexo do sol nascente sobre as águas da baia que banham a enseada onde está situada a sede do município. Conta-nos ainda que a primeira bandeira fora confeccionada na casa Ganha Pouco e o escudo numa casa especializada, ambas em Belém.

Fontes: Agernor Sarraf Pacheco.

Hino do município de Melgaço

Melgaço, terra querida
Foi Deus quem te fez dadivosa
Casemiro cantou sua terra
E nós cantaremos a nossa

O sol nascente, todas as manhãs
Que te dá vida, alma louçã
O horizonte de ti defronte
Retrata a Ilha da Maracanã

Falaremos de toda beleza
Que a natureza te quis ofertar
Tu és a nossa turquesa
Do centro-oeste do nosso Pará

O sol nascente, todas as manhãs
Que te dá vida, alma louçã
O horizonte de ti defronte
Retrata a Ilha da Maracanã

Tuas matas verdes encerram
Faunas de mil coloridos
Teus rios e estradas fluidas
Cortam teu solo em todos os sentidos

O sol nascente, todas as manhãs
Que te dá vida, alma louçã
O horizonte de ti defronte
Retrata a Ilha da Maracanã

Teus filhos de índole boa
É o que mostra o teu coração
Assim a toda pessoa
Sorrindo-lhe estende a mão

O sol nascente, todas as manhãs
Que te dá vida, alma louçã
O horizonte de ti defronte
Retrata a Ilha da Maracanã

Portanto Melgaço aceite
Nosso amor e respeito profundo
Que de teus filhos o conceito te faças
O município mais nobre do mundo

O sol nascente, todas as manhãs
Que te dá vida, alma louçã
O horizonte de ti defronte
Retrata a Ilha da Maracanã

 Letra e melodia: Francisco Mamede de Souza

Brasão do Município de Melgaço Pará

brasaomelgaco

Bandeira do Município de Melgaço Pará

bandeiramelgaco


Acessibilidade
Acessibilidade